Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Arte (PPG-Arte) da Universidade de Brasília completou 21 anos de existência em 2015, tendo obtido conceito 4 da CAPES em 2004. Inicialmente o PPG foi criado com duas Linhas de Pesquisa: Arte e Tecnologia e Poéticas Contemporâneas. Em 2000, foi criada a Linha Teoria e História da Arte, atendendo à recomendação da CAPES. O PPG-Arte, até 2011, era composto por quatro Linhas de Pesquisa, a saber: Arte e Tecnologia (AT), Poéticas Contemporâneas (Poéticas), Teoria e História da Arte (THA) e Processos Composicionais para a Cena (PCPC). Em fins de 2011, foi criada a Linha de Educação em Artes Visuais (EAV) atendendo a antiga demanda interna do Programa e à recomendação da CAPES. Em 2013, foi aventada a criação da Linha Cultura e Saberes em Artes Cênicas com intuito de fortalecer a pesquisa em Artes Cênicas no Programa e com o intuito de nuclear o PPG com a criação do Mestrado-Doutorado em Artes Cênicas. A linha Cultura e Saberes em Artes Cênicas, não se consolidou devido a criação do PPG-CEN (início em 2014). Em 2015 devido a criação do PPG-CEN, o Fórum Interno do PPG-Arte recomendou e o PPG-Arte extinguiu a linha de Processos Composicionais para a Cena e criou a Linha de Cultura e Saberes em Artes (começa a atuar em 2016) cujo eixo principal é a reflexão teórico-prática e metodológica de aspectos relacionados aos processos criativos envolvendo culturas e saberes relacionando conhecimentos da visualidade do movimento, da musicalidade, e da teatralidade. As pesquisas abarcarão manifestações expressivas tradicionais e contemporâneas, ao envolver e problematizar diferentes gêneros, etnias, culturas e/ou períodos históricos.  Ademais,  contemplarão processos criativos realizados ou em andamento, assim como a proposição e estudo de novos processos. A linha de pesquisa insere-se como espaço de conceitualização, discussão, investigação e sistematização de habilidades, saberes, práticas envolvidos na composição, realização e recepção de obras em suas diversas modalidades nas quais os conhecimentos aplicados envolvam a corporalidade e a visualidade como ponto de partida da investigação. A linha promove a expansão e/ou desenvolvimento de métodos de pesquisa e processos criativos os quais visam atender artistas, professores e pesquisadores do campo  da arte.